Categorias
72ª Berlinale (2022) Berlinale Festivais de Cinema

Primeiras sessões de curtas do Berlinale

Começaram dia 12 de fevereiro as exibições de curtas-metragens na Berlinale. As sessões espalham-se por diversos locais da cidade de Berlim, como o Centro Cultural silent green e a Akademie der Künste, entre outros. A curadoria do programa está organizada segundo múltiplos motes, permitindo a descoberta de pontos de ligação entre projectos de autores e […]

Categorias
72ª Berlinale (2022) Berlinale Festivais de Cinema

Pelos óculos escuros de Dario Argento

Reza a lenda que após uma sessão de um filme de Dario Argento, Hitchcock teria dito que “esse italiano começava a preocupá-lo”. De fato, há muitas semelhanças entre o estilo de um e de outro, principalmente no sentimento de suspense e os planos voyeurs.

Categorias
19º IndieLisboa 72ª Berlinale (2022) Berlinale Cinema Português Festivais de Cinema

Super Natural – Por uma arte mais transgressora

Super Natural é daqueles raros filmes que poderiam, e talvez deveriam, ser exibidos num museu. Não por uma qualquer sublimação digna de passar a linha imaginária que atribui o rótulo de arte aos objectos.

Categorias
19º IndieLisboa 72ª Berlinale (2022) Berlinale Cinema Português Festivais de Cinema

Trio em mi bemol de Rita Azevedo Gomes – A coreografia do reencontro

Uma peça musical de Mozart, uma peça de teatro de Éric Rohmer e um filme de Rita Azevedo Gomes. Trio em mi bemol, o título que reúne as formas da distância de sensivelmente 250 anos, completa este tríptico, acrescentando-lhe o cinema como terceiro movimento.

Categorias
72ª Berlinale (2022) Berlinale Festivais de Cinema

La ligne e os limites esbatidos das fronteiras pessoais

La ligne, filme de Ursula Meier em Competição no Berlinale, abre com o seu próprio género de big-bang, numa cena que não deixa dúvidas sobre a temática principal que vai explorar. Em slow motion, ao som de música clássica, assistimos a um momento crítico de agressão física infligida por Margaret (Stéphanie Blanchoud) à sua própria […]

Categorias
72ª Berlinale (2022) Berlinale Festivais de Cinema

Como escapar da prisão do corpo e outras questões de Grand Jeté

Grand Jeté, de Isabelle Stever, exibido em estreia mundial na secção Panorama da Berlinale, coinfigura uma adaptação do romance Fürsorge de Anke Stelling, com guião de Anna Melikova. O filme segue Nadja (Sarah Nevada Grether), uma bailarina excessivamente dedicada ao ballet, sem muito tempo para outras coisas.

Categorias
72ª Berlinale (2022) Berlinale Festivais de Cinema

Rimini ou Comedor de Velhinhas Decadentes

Rimini, o mais recente filme do austríaco Ulrich Seild, abre com um grupo de idosos a cantarem em um asilo. Somos apresentados a um senhor que caminha com a ajuda de um andador. O espaço é composto por paredes cobertas por imensos adesivos simulando a natureza. Apesar do assunto, o ritmo do corte não é […]

Categorias
72ª Berlinale (2022) Berlinale Festivais de Cinema

À Vendredi, Robinson. A história de um (breve) encontro

Basta-nos um verso – Io sono una forza del Passato – o primeiro verso de um poema de Pier Paolo Pasolini (quem não se lembra de Orson Welles em La Ricotta?), que empresta ao título esse mesmo verso para nos aquietarmos. E já vai longo o filme. E encontro outrora apenas imaginário tornou-se real. Inspirado […]

Categorias
72ª Berlinale (2022) Berlinale Festivais de Cinema

O terror gástrico de Flux Gourmet

A secção Encounters/Encontros da 72ª edição da Berlinale foi inaugurada com Flux Gourmet do britânico Peter Strickland.

Categorias
72ª Berlinale (2022) Berlinale Festivais de Cinema

O nascimento de uma nova e adaptada Berlinale

Iniciada esta quinta-feira, dia 10, o arranque da 72ª edição da Berlinale, o grande elefante na sala, para espectadores e participantes, são as novas condições de funcionamento a que o evento se viu obrigado a adaptar.